Av. Washington Luis, 3709 . São Paulo . SP

11 5525.9100

flora@floramotors.com.br

Gasolina normal ou aditivada? Saiba a diferença

A gasolina aditivada pode ser uma boa para quem pensa em preservar as características originais do motor pelo maior tempo possível. O preço, em geral, não é muito maior que o da gasolina comum e os benefícios para o motor a longo prazo são muito maiores. Dá para notar isso quando se abre um motor que sempre foi abastecido com o combustível aditivado e outro que recebeu apenas o comum.

 

Por manter limpas as peças que entram em contato direto com o combustível, o aditivo acaba sendo benéfico também para o meio ambiente, pois mantém os níveis de emissões de poluentes nos patamares de fábrica por mais tempo. Há também os benefícios difíceis de quantificar, como a manutenção dos níveis de consumo de combustível depois de certa quilometragem e a preservação da durabilidade do catalisador.
Mas esses benefícios são observados a longo prazo. Na ponta do lápis pode não valer a pena porque o custo desse combustível, ao longo do tempo, é superior ao que se gastaria com a manutenção de um motor que só roda com gasolina comum, que não recebeu os benefícios do aditivo.

 

 

A cada 20 mil quilômetros, em média, um veículo popular acumula tantos resíduos do alto teor de enxofre que ainda temos na gasolina brasileira que chega a hora de fazer a limpeza do sistema. E esse custo, por volta dos R$ 150, geralmente é inferior ao que se pagou a mais pela gasolina aditivada ao longo da mesma quilometragem.

 

De qualquer forma, Venosa acredita que o uso do combustível com aditivo é benéfico, recomendando, pelo menos, um tanque de gasolina aditivada a cada cinco abastecimentos. Mas é bom estar atento a outra questão. Quem passa muitos quilômetros rodando com a comum e começa a usar a aditivada pode ter problemas. Segundo o consultor, os resíduos acumulados podem se desprender em grandes quantidades, a ponto de entupir de vez os bicos injetores. Nesses casos, melhor continuar com o combustível comum, ou providenciar uma boa limpeza em todo o sistema para então trocar de gasolina.

 

 

Fonte: http://revistaautoesporte.globo.com

Com a explicação de Renato Romio, gerente do Laboratório de Motores do Instituto Mauá de Tecnologia.

Data: 25/07/2013

VÍDEOS

Veja mais

FOTOS

Veja mais

Acompanhe nossas REDES SOCIAIS

CADASTRE
SEU e-MAIL

Receba novidades, ofertas,
lançamentos, notícias e eventos.

BUSCA RÁPIDA

Encontre o melhor em veículos:



11 5525.9100

Av. Washington Luis, 3709
São Paulo . SP

flora@floramotors.com.br

Mapa do Site

Copyright © 2014 Flora Motors. Todo o conteúdo deste site é de uso exclusivo da Flora Motors.
Proibida reprodução ou utilização a qualquer título, sob as penas da lei.